Notícias

  • Home
  • Notícias
  • Polícia rastreia sinais de celulares no local em que Marielle morreu

Polícia rastreia sinais de celulares no local em que Marielle morreu

08/10/2018 Polícia rastreia sinais de celulares no local em que Marielle morreu

Os assassinos da vereadora Marielle Franco (PSOL) e do motorista Anderson Gomes podem ser rastreados graças a uma tecnologia que vem sendo utilizada pelos investigadores do caso. O crime foi cometido no último dia 14 de março, quando Marielle saía de um evento na Lapa, Centro do Rio de Janeiro.

De acordo com informações do ‘G1', já foram coletados os dados das cinco empresas de telecomunicações que atuam na região. A Polícia Civil adiantou que no trajeto feito pelo carro da vereadora foram coletadas 26 antenas de celulares. Não ficam de fora os sinais dos telefones utilizados no percurso.

Como já havia sido divulgado antes, o veículo de cor cinza que segue Marielle segundo depois de o motorista Anderson dar partida, ficou estacionado na Rua dos Inválidos por mais de duas horas esperando as vítimas saírem do evento em que a vereadora foi palestrante.

Deixe o seu comentário no Cimeb.

Fonte: Notícias ao Minuto