Notícias

  • Home
  • Notícias
  • Jair Bolsonaro participa de almoço com evangélicos na Zona Oeste do Rio

Jair Bolsonaro participa de almoço com evangélicos na Zona Oeste do Rio

Presidente da República se reuniu com líderes evangélicos, após celebração em Brasília dos primeiros cem dias de governo.

26/04/2019 Jair Bolsonaro participa de almoço com evangélicos na Zona Oeste do Rio

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) participou, na tarde desta quinta-feira (11), de almoço com lideranças evangélicas na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

Bolsonaro chegou ao almoço do Conselho Interdenominacional de Ministros Evangélicos do Brasil ao lado do pastor Silas Malafaia por volta das 12h30 e foi abraçado pelo ex-senador Magno Malta.

Os presidentes do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, e o do Senado, Davi Alcolumbre (DEM), também participaram do evento.

Durante discurso no evento, Bolsonaro se solidarizou com o povo carioca pelo temporal que deixou dez mortos.

"Quero me solidarizar ao povo do Rio de Janeiro, na pessoa do governador [Wilson] Witzel, prefeito [Marcelo] Crivella sobre essa tragédia que se abateu sobre nós e que Deus conforte as famílias das vítimas."

O presidente da República também disse se inspirar em Israel para tirar o país da crise.

"Buscar uma maneira de transformar nosso país no que é Israel hoje em dia. Veja o que eles não têm e o que eles são. Não têm riquezas naturais, água, biodiversidade, terras férteis, grandes áreas turísticas – a não ser as bíblicas", disse.

"E olha nós. Nós temos tudo e olha o que nós não somos. O que nos falta é fé. Falta gente que sirva de exemplo para os demais e que não meça sacrifício na área de trabalho."

Pela manhã, em evento em Brasília, o presidente celebrou os 100 dias de governo. Em solenidade, ele assinou 18 projetos e decretos.

Segundo o governo, os atos vão ser publicados ainda nesta quinta-feira em edição extraordinária do "Diário Oficial da União".

Entre as metas, estavam o envio do pacote anticrime e anticorrupção ao Congresso Nacional, a implantação do 13º salário aos beneficiários do Bolsa Família e o combate a fraudes no INSS.